Seguidores

quinta-feira, 18 de abril de 2013

CAPÍTULO 11


Músicas que embalam o capítulo:
Last Kiss:
Foxy Lady:
Love of my Life:


Camila – Diedra Roiz

Depois que Sunny saiu liguei o som bem alto. Pearl Jam – “Last Kiss”. Deixei a música preencher o ambiente, meu corpo, minha alma...
Repassei mentalmente tudo que havia acontecido entre o telefonema dela e aquele exato momento. Não só os fatos, mas os sentimentos vertiginosamente percorridos naquele breve espaço de tempo. Sim, ela me atraía. De um jeito inexplicável, inevitável, inexorável... Maravilhosamente arrebatador e ao mesmo tempo extremamente doloroso, porque me impulsionava a deixar o passado e ir em direção a uma nova vida que... Eu não sabia se era...
O que eu queria? Que caminho deveria seguir?
Fiquei alguns minutos parada no meio da sala, de olhos fechados, buscando a resposta dentro de mim. Quando os abri, estava na minha frente. No apartamento santuário que não era realmente meu. Foi então, assim, que decidi. Recuperar tudo que eu parecia ter perdido: o meu espaço, a minha sanidade, a minha felicidade, a minha vida...
Comecei pela sala. Recolhi todos os retratos dela, olhando Sandra nos olhos, enquanto pensava alto, para que ela e eu escutássemos:
- Sei que você entende... Eu... Não tenho como continuar assim... Não posso mais...
Fui andando pelo apartamento, guardando todos os enfeites, quadros, velas, CDs, livros, objetos pessoais... Tudo que fosse dela ou que me lembrasse dela. No banheiro, a escova de dentes, os perfumes, os cremes... Desejando intensamente que meus sentimentos, como os produtos de beleza, também tivessem prazo de validade. Ri de mim mesma. Respirei fundo e fui até o quarto. Esvaziei a parte dela do armário. As roupas, sapatos, meias, peças íntimas... Como eu, cheirando a mofo e a guardado. Espirrei várias vezes, mas não permiti que a reação alérgica me impedisse, fui colocando tudo em caixas e mais caixas. Empacotei e empilhei o que sobrava de Sandra em vários caixões de papelão que deixei perto da porta de entrada.
Respirar foi se tornando cada vez mais difícil, o ar me faltava. Permaneci um tempo sentada na poltrona que ela mais amava, antes de arrastá-la para perto das caixas, enquanto o refrão tocava, com plena consciência de que aquilo era o fim, tinha realmente acabado. Todo e qualquer tipo de esperança havia se esvaído. Ou, como ela... Evaporado. Estava tudo ali, pronto para ser levado, doado, tirado de mim, da minha vida, da minha casa... Só faltava uma última coisa.
A mais difícil, na verdade.
Abri o cômodo que tinha mantido trancado durante todos aqueles anos. Rodei a chave na fechadura devagar, da mesma forma me custou girar a maçaneta e empurrar a porta. Permaneci muito tempo parada ali, sem coragem de entrar. Quando o fiz foi num impulso, sem me permitir pensar. Olhei em torno, esquadrinhando a sala de música dela...
O violino ainda estava em cima da mesa, guardado dentro do estojo. Ao lado algumas partituras empilhadas. E o violoncelo atrás da estante de partitura, apoiado na cadeira dolorosamente vazia, como se esperasse que a dona dele fosse retornar. No entanto eu sabia, uma tardia e amarga certeza afinal tinha me tomado: Sandra não voltaria... Nunca mais.
Percebi que não seria capaz de tocar em nenhum daqueles objetos. Mas precisava tirá-los dali. Era imprescindível. Absolutamente necessário.
Peguei o celular e liguei para Flávia:
- Preciso muito de você.
Como sempre, ela não me perguntou nada. Só respondeu:
- Em vinte minutos tô aí.
E em menos disso estava. Entrou e parou absolutamente surpresa em frente ao amontoado de caixas. Fui logo dizendo:
- Os instrumentos eu não consigo. É como se... Como se... Eu... Tá, eu sei que estou sendo fraca...
As lágrimas finalmente escorreram, incontroláveis. Flávia me abraçou, amparando o choro convulsivo pelo qual fui tomada:
- Ei... Tá tudo bem, Camila... Calma... Você tá indo muito bem. Sei que encaixotar isso aqui não deve ter sido fácil. Eu... Eu...  - Olhou dentro dos meus olhos. Profundamente. Antes de completar: - Estou orgulhosa de você. De verdade.
O jeito que falou me fez perceber que não era o que realmente queria falar. Estávamos próximas. Na verdade coladas. Enlaçadas. Meus braços ao redor do ombro dela, os dela em volta de minha cintura. Levantei o rosto e quando nossos olhos voltaram a se encontrar eu pude ver perfeitamente, sem que ela dissesse uma palavra...
A percepção me deixou paralisada. Continuei ali, imóvel nos braços de Flávia, mesmo depois que ela se inclinou e tomou meus lábios nos dela...


Demorei alguns segundos para me desvencilhar. Ela não tentou me impedir, me soltou de imediato.
Eu não disse nada, nem precisava. Flávia me conhecia. Bem até demais. Com certeza sabia o que eu estava pensando apenas pela minha expressão, pelo meu olhar... Antes que eu finalmente conseguisse superar o choque e perguntasse:
- Desde quando?
A resposta veio sussurrada, sem que ela desviasse o olhar:
- Desde a primeira vez que te vi.
Onde tinha sido? Em uma festa? Na faculdade? Eu não lembrava, Flávia era tão parte da minha vida que parecia que sempre tinha estado comigo, do meu lado... Isso fazia com que parecesse ainda mais inacreditável:
- Mas você... Você nunca... Fez nem disse nada...
Ela riu. Com uma ironia amarga:
- Fazer ou dizer o quê? E para quê? Você tinha acabado de conhecer a Sandra, só tinha olhos pra ela, já estava... Irremediavelmente apaixonada. Eu ocupei o lugar que sobrou, aquele que você tinha pra mim: a confidente, a melhor amiga. E eu aceitei, por que... Por mais que me doesse... Era o único jeito de ficar perto de você.
Deu dois passos em minha direção, a mão erguida como se fosse acariciar o meu rosto. Foi instintivo. Recuei sem pensar.
A rejeição a fez parar. Flávia virou de costas, respirou fundo e quando se voltou de novo para mim seu olhar tinha mudado. Na verdade tinha retornado ao normal:
- Vamos esquecer isso? Eu nunca deveria...
Não a deixei terminar:
- Esquecer? Como? Isso muda tudo! Quer dizer que... Era tudo mentira? Esse tempo todo você... Você ficou me cercando, esperando uma oportunidade de...
Dessa vez foi Flávia que me cortou:
- Não, Camila. Nunca foi mentira. Meu carinho, minha preocupação, meu cuidado... Meu amor por você é de verdade.  - Fez uma pausa. A respiração ainda alterada quando prosseguiu: - Não tenho culpa se você nunca percebeu... Sempre foi cega. E não só comigo.
Ela jogou no ar e esperou. Só me restou demandar:
- Seja mais clara.
Flávia deixou escapar uma gargalhada:
- Mais? – depois me olhou profundamente, com total seriedade: - Durante todos esses anos eu assisti calada. Você amando uma pessoa que não te merecia, que te usava, que te fazia de idiota. Quando a Sandra sumiu eu pensei: “Finalmente!”, mas foi pior, muito pior! Porque você se esqueceu de tudo, das brigas que vocês tinham, de todas as vezes que você me procurou chorando, das coisas horríveis que ela te dizia, das noites que passava esperando por ela em casa, sem saber direito onde ela estava... Você mergulhou num luto absurdo, não pela Sandra real, mas por uma Sandra ideal que você inventou e que nunca existiu de verdade. Camila, a Sandra só estava com você porque você deu a ela estabilidade financeira...
Um grito escapou da minha garganta:
- Não! - Completei baixo. De forma bem mais controlada: - A Sandra me amava.
Fui imediatamente contestada:
- A Sandra te traía.
O tom dela foi duro. Seco. Me deixou completamente atordoada. Eu não queria acreditar:
- Como... Como você sabe? Como pode ter certeza? - O olhar dela foi claro, pleno em significado. Mas eu precisava confirmar: - Com você?
Demorou um tempo que pareceu durar a eternidade antes de Flávia finalmente proferir:
- Uma única vez.
Meu corpo deu três passos para trás... A sala toda tremeu, pareceu girar ao meu redor... Ela caminhou em minha direção:
- Mas não foi só comigo, Camila, tiveram outras, muitas outras. Várias!
As palavras saíram sozinhas da minha boca, sem que eu as coordenasse:
- Você... Você e a Sandra? Mas você... Você acabou de me dizer que...
Quando dei por mim Flávia já me segurava nos braços:
- Eu te amo.
- Ah, que ótima maneira de demonstrar! Trepando com a minha mulher!
Tentei me libertar das mãos dela, mas ela não permitiu:
- Camila, olha pra mim! Me olha! - esperou até que eu obedecesse e falou baixo, de um jeito praticamente sussurrado: - Foi o mais perto de você que eu consegui chegar.
Olhei bem para ela, desci meus olhos para a boca, e o pensamento foi inevitável: aqueles lábios tinham beijado os de Sandra, tinham passeado pelo corpo de Sandra, assim como as mãos que me seguravam... Podia sentir o calor, quase ardor da pele dela, o hálito em meu rosto, a respiração alterada...
De algum lugar indeterminado, provavelmente do apartamento ao lado, uma música que reconheci com facilidade irrompeu altíssima, reboando quase: “Foxy Lady” (Jimmy Hendrix), no mesmo instante em que puxei Flávia para mim, segurando-a pela nuca... Busquei a boca, mordi os lábios, suguei... Ela entreabriu os dela, permitindo que minha língua entrasse... Correspondeu intensamente e depois tomou a ação para ela... As mãos se enfiando debaixo da minha blusa, tocando meus seios... Me agarrei mais ao pescoço dela, que gemeu... Caminhamos até o quarto, sem interromper as carícias e os beijos... Caímos juntas na cama, ela por cima de mim... Arrancou minha blusa, fiz o mesmo com a dela, de forma quase desesperada... Giramos, eu fiquei por cima... Desabotoei o jeans que Flávia usava, o desci puxando a calcinha junto antes de também me despir e deitar puxando-a sobre mim, nós duas já inteiramente nuas... Ela começou a se esfregar e foi então que explodiu, não consegui mais segurar:
- Foi assim? Foi? Foi assim que você fez com ela?
Primeiro Flávia ficou paralisada, depois se desvencilhou e se sentou na cama, me dando as costas. Por um instante pensei que ia se levantar e se vestir... Mas não.
Foi rápido... Antes que eu pudesse prever. Ela se virou e me fez deitar de novo, ficou inclinada sobre mim, uma das mãos apoiando o peso do próprio corpo, a outra em minha cintura... Olhou bem dentro dos meus olhos e perguntou:
- É isso que você quer? Saber como foi? - Eu não respondi. Não sei precisar o tempo que durou... O silêncio doloroso que pairou entre nós... Enquanto nossos olhares duelavam, um dentro do outro... Flávia o quebrou, afirmando num tom íntimo, narcotizante, roucamente erótico: - Vou te mostrar então...
Desceu sobre mim... Me beijou com intensidade... Eu estremeci e retribuí... Com uma excitação quase mórbida... Imersa num misto insano de curiosidade, raiva, vingança... E em busca de elos partidos e perdidos, que jamais voltariam a ser os mesmos... Me entreguei completamente...


Fiquei observando Flávia se vestir. Nós duas numa mudez absoluta. Permaneci imóvel, ainda nua e deitada na cama. Ela perguntou:
- Vamos conversar agora? - não respondi. Sentei e fiquei olhando para ela, sem conseguir sentir nem pensar, como se estivesse em suspenso: - Não? E o que fazemos com isso que aconteceu?
Dessa vez eu respondi. Sem hesitar:
- Fica só entre nós duas.
Ela riu:
- Você sabe muito bem que não éramos só nós duas, Camila. - Fez uma pausa antes de continuar, como se falasse para si mesma: - Fui pra cama com a Sandra pra ter um pouco do que eu sempre quis: você. Hoje eu te tive, de verdade. E você trouxe a Sandra junto. - Voltou a rir: - Não é irônico?
A grande ironia era que a primeira vez com Sunny tinha sido igual...
Foi então que eu soube. Naquele instante:
- Foi a minha última vez com a Sandra.
Flávia me olhou profundamente. A voz soou afetuosa, suave, doce:
- Que bom.
Devolvi o olhar:
- Não quero mais falar.
Nesse momento ela, que sempre tinha me compreendido tão perfeitamente, interpretou a minha intenção de forma totalmente errônea. Sentou na cama e sussurrou, inegavelmente insinuante:
- Não? O que você quer então?
Fui direta, agressiva, propositalmente rude. Queria magoá-la. Naquele momento, a ideia de fazê-la sofrer me parecia... Deliciosamente boa:
- Quero que você vá embora.
O sorriso que Flávia me deu foi distorcido, quase um esgar. Assentiu com a cabeça, ficou de pé e saiu sem dizer mais nada.


Não me vesti, caminhei nua pela casa, sem reconhecer as paredes vazias. Percebendo o quanto estava perdida, sozinha, vazia... Há anos. Quase uma vida.
Nunca tinha conhecido Sandra. Nem Flávia. Depois de minhas últimas atitudes, tampouco me reconhecia.
Era como se tivesse vivido durante muito tempo em outra dimensão, que na verdade, sequer existia. Precisava... Voltar a descobrir a realidade... Encontrar... O caminho que me levasse de volta... Para mim mesma... Que me tornasse possível conviver comigo.
Fui até a cozinha, peguei uma garrafa de vinho e abri. Levei-a até a sala, onde a larguei no chão, junto com duas taças, na frente da aparelhagem de som. Vasculhei as caixas de papelão à procura, até achar o que eu queria: minha foto preferida de Sandra. Um close, os olhos dela brilhando e me olhando daquele jeito que sempre tinha feito meu coração doer, mas que naquele momento não surtiu o mesmo efeito, apenas me fez constatar, com um distanciamento surpreendente, o quanto ela tinha sido infernalmente linda...
Escolhi a música com uma ironia sarcástica: “Love of My Life” (versão do Scorpions). Sentei no chão com a foto em uma das mãos. Com a outra enchi as duas taças, o líquido vermelho dando a cor certa à situação. Voltei a olhar para a foto, tentando determinar o que estava sentindo, mas fui completamente incapaz de encontrar uma definição satisfatória. Só sabia que o rosto, os olhos de Sandra, agora me pareciam desprovidos do antigo fascínio. Estendi o braço, peguei a vela aromática e os fósforos que sempre ficavam sobre a mesinha. Acendi. Observei a pequena chama aumentar e tremular... O cheiro de rosas surgiu, invadiu o ambiente... Peguei a imagem de Sandra novamente e, olhando para ela, proferi baixinho:
- Vadia.
Antes de encostar a pontinha no fogo, que lambeu a fotografia devagar... Foi subindo... Lentamente... Até só restarem... As cinzas. 
Peguei as duas taças e brindei, bebi de uma só vez a minha. A dela deixei no chão, junto com os restos de papel queimado e a vela que apaguei antes de ir para o meu quarto tentar dormir.






postado originalmente em 18 de Julho de 2013 às 18:00 .

85 comentários:

  1. Estava esperando ansiosa pelo capítulo de hoje e, olha, superou todas as minhas expectativas.
    Que capítulo maravilhoso!!
    E acho que marcou uma nova fase na vida da Camila.
    Gente, e a Flávia hein!? Surpreendente! Falando em surpresas... a Sandra então não era nada daquilo que a Camila imaginava! Oh my God!
    Continuo ansiosa... mas agora pelo px capítulo! rs
    bjO bjO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, linda! Fico MEGA feliz, viu?
      Capítulo tenso, mas revelador, né?
      Pois é, a Sandra nem era tão maravilhosa, e a Flávia...
      Confesso que tô com pena da Camila. Se bem que... Depois de um terremoto desses só pode vir uma coisa por aí: transformação!
      Bem... Vamos ver... kkk
      bjo ultra mega giga!

      Excluir
  2. ñ da pra definir esse capitulo se ñ como perfeito!!
    parabéns Diedra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como te agradecer, né, linda?
      Obrigadíssima!
      Mas me diz: que achou do lance da Flávia? E da Camila com a Flávia? E a Sandra? kkk
      Quase um interrogatório, afe! Sorry...
      É que to curiosa aqui...
      bjo hiper super giga!

      Excluir
    2. rsrsrs
      interrogatorio !?!?! me sinto honrada em responder-te então:
      a Flavia gostei dela desde o inicio, e as duas juntas meio que me tirou
      o folego sabe rsrsrs, surpreendente a sena, realmente ñ espera por essa,
      ate então acho que ainda tava torcendo pra Sandra fazer uma volta cinematografica,
      mas depois dessa aff neh, espero que ela volte sim, mas pra mostrar que levou uns bons tapas da vida.
      acho que agora a camila "acorda" ... e bem que ela podia ficar meio "safa" neh rsrsrs
      pra descontar os anos de "jejum" kkkkkkkkkkkk
      bj pra vcs ... muita inspiração pra vc e pra jenny o conto ta indo super bem
      aguardando quinta-feira ansiosissima !!!!

      Excluir
  3. Gente, dei uns 5 gritinhos de surpresa.. Qnt coisa num capítulo só! Parabéns Diedra, sensacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadíssima, linda!
      Foi bem difícil escrever esse capítulo, viu? Entrar na densidade da Camila não é fácil, afe!
      Que bom que vc gostou!
      bjo ultra mega super!

      Excluir
  4. Nei sei o que dizer desse capítulo, to meia que anestesiada.
    Tava tão ansiosa por esse capitulo que as 17hs sumiu o sinal da nete do açougue.
    Quase surtei...chego em casa que quase que arrebento o portão da garagem... ai me vem a Flavia.
    Camila que trasa com ela...num sei, como te disse to travada aqui. na verdade ta díficil de assimilar.
    Pior nei apareceu a Sunny...to triste...me desculpe Diedra mas to triste.
    Mas penso assim to triste por esse capítulo mas vc já me fez muito feliz por muito outros capítulos.
    bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então imagina como a Camila está... Acho que parecido com o que vc tá sentindo só que pior, muito pior...
      Ah... Fica assim não, linda... O sofrimento faz faz parte, né?
      Como diz o meu mestre:
      "Em nossas vidas há momentos de alegria e de sofrimento. Se conseguirmos entender que sempre haverá bons e maus, poderemos gradualmente não esperar somente bons momentos, e nem detestar os maus."
      (Daisaku Ikeda)
      Calma pq qto maior a dificuldade, maior será a felicidade no fim... Se Camila e Sunny ficarem juntas... Eu digo se pq... Nunca se sabe, né? kkk
      O que vc acha? Elas devem ficar juntas ou não?
      bjo muito mais que imensamente giga

      Excluir
  5. surpresa, essa palavra me define nesse momento, logo após a leitura do capítulo..
    jamais imaginei Camila e Flávia rs
    mas ficou muito bom, muito bem imaginado isso rss
    ...e que transa hein?! ahahahauah
    que venham muitas ;)

    Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Bella... Sabe que elas tb me surpreenderam?
      Foi inevitável! kkk
      Flávia esperou tanto e no fim... Não conseguu o que queria, né?
      Confesso que tô preocupada com a Camila, coitada! Ou ela se resolve ou pira de vez!
      Fico feliz por vc ter gostado do capítulo, linda! Confesso que adorei escrevê-lo, apesar de ter sido bem difícil...
      bjo super mega giga!

      Excluir
  6. Até q enfim ela conseguiu ver a Sandra real. Sempre achei q aquele amor perfeito que a Camila dizia viver com a Sandra não podia ser real. Espero ver a transformação se iniciando.
    Adorei, cap. maravilhoso.

    Nádia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guria,
      Eu sempre te digo pra ter calma, né?
      Ainda bem que a Sandra não era perfeita, senão coitada da Sunny!
      Livremente inspirada em "Rebecca" da Daphne Du Maurier e em "A Sucessora" da Carolina Nabuco, mas tá valendo, né? kkk
      To me recuperando desse capítulo até agora, acredita? Afe afe afe!
      bjs tricolores!

      Excluir
  7. to CHOCADAAAA!!!! Como assim Flávia ama Camila e transou com Sandra:!!??? AMEIIIII mais louca ainda pro próximo capítulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra vc ver, Vivi Francisco! Que coisa, né? E pior: ficou esse tempo todo na encolha, como pode, me diz? kkk
      Acho que depois disso tudo a Camila ou vai ou racha...
      O que vc acha que vai acontecer? Acha que Camila e Sunny vão ficar juntas?
      bjo ultra hiper giga!

      Excluir
    2. aii Diedra agora não sei dizer pq, nossa esse capítulo foi perfeito, a Camila deve estar mais perdida do que estava. Agora sim ela vai se enlouquecer com tantos sentimentos

      Excluir
    3. Acho que perdida é pouco, né? Eu não queria estar no lugar da Camila agora... Mas fazer o quê? Eu estou... kkk
      ;)
      bjin!

      Excluir
    4. Só na ficção, claro! Felizmente! kkk
      Mas ainda assim... Putz! Não tá sendo fácil me colocar no lugar dela, viu?

      Excluir
    5. Parece besteira mas qdo terminei esse capítulo precisei comer chocolate, acredita? Dementadores atrás de mim... kkk
      Mas em AMOR A QQ PREÇO na cena em que a Marcela quase é estuprada foi igual...

      Excluir
  8. - Nossa, Amei oo Cap Diih', a cada diia fica maravilhoso.. Fique surpresa com as atitudes da Flávia, apesar de ter sido por amo, foi traição muito chato isso' ee concerteza a camilla vai da a volta por cima'ella é forte.
    Parabéns Diih' Sucesso'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb acho que a Camila vai dar a volta por cima, viu? Só não vai ser rápido e pra isso a Sunny precisa ter MUITA paciência (se ela quiser mesmo acho que ela vai ter). E o que vc achou da Camila com a Flávia? Louco tb, não?
      Vamos ver agora o que acontece...
      bjo mega super giga!

      Excluir
    2. - Concerteza, ela supera e ainda mas agora que ela descobriu que era traida pela mulher que amava, ela vai quebrar qq tipo de laço entre ela, e a Sunny que se prepare rçrç'
      .. Muito Bizarro essa atitude das Flavia, nunca que eu ia amiginar .. mas estou amando o rumo que a estória es levando..
      .. espectativa a flor da pele!!
      Bjôs'

      Excluir
    3. Bom, a Sandra não só imaginou como percebeu, né? será que ninguém mais? Veremos! kkk
      bjin!

      Excluir
    4. - é, bora ver' ficar na espectativa (yn'

      Excluir
  9. Me caiu os butiá dos bolsos lendo o Capítulo 11.
    Tadinha da Camila! O barraco dela já tinha sacudido com a chegada da Sunny, agora veio abaixo de vez. Tá certo que ela parece que sempre foi meio cega, mas a Flávia, hein... essa frase caiu como uma luva: "Você não conhece as pessoas, você conhece a parte que elas permitem que você veja.".
    Aguardando ansiosa o próximo capítulo.

    Jessie Turner

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bota tadinha nisso! Se bem que... Ela só tá colhendo o que plantou, né?
      O bom é que agora Sandra está definitivamente morta e sepultada, ou seja: ou vai ou racha!
      Que bom que gostou!
      bjo muito mais ultra mega giga!

      Excluir
    2. Quase esqueci: ri horrores aqui com o "me caiu os butiá dos bolsos"! Mais gaudéria impossível, né? Adoroooooooooo!!!! kkk

      Excluir
    3. Será que Sandra tá morta e sepultada mesmo Diedra Roiz? Sei não viu? Rs

      Excluir
  10. Muito bem escrito o seu texto Diedra. A história está super emocionante. Porém, ao contrário dos demais comentários que li, me surpreendi com a Camila e de uma forma mais negativa pela sua atitude perante a Flávia.

    A Flávia errou em trair a Camila com a Sandra, mas no meu ponto de vista essa é a menor das traições, porque foi ela que sempre amparou e apoiou a Camila em todos os momentos, deixando o seu amor em segundo plano, para ajudar a Camila a ficar bem e ser feliz. O sofrimento da Flávia esse tempo todo deve ter sido muito grande. Muitas pessoas nunca perdoariam outra pq ela a traiu e com isso esquecem o tanto de coisas boas e felicidade que está pessoa trouxe a sua vida.

    A Camila ao transar com a Flávia também traiu todos os sentimentos bons que a Flávia sentia por ela. A usou para puni-lá por todos os erros que a Sandra cometeu e descontou nela toda a raiva que sentiu desde a morte de Sandra. Não acho isso justo. A Camila não é uma santa. Torço para que ela sinta um pouco de rejeição por parte de Sunny e que veja que a amizade/amor da Flávia foram maiores que a crueldade que ela foi capaz de cometer maltratando os sentimentos da Flávia e a humilhando de forma vil.

    Enfim, vou esperar ansiosamente os próximos capítulos.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, até que enfim alguém que defende a Flávia!
      Sabe que eu concordo com vc? Na verdade a Flávia se colocou de sombra da Camila pq quis. Fato! Uma relação meio masoquista, mas durante toda a história foi nítido o qto ela se preocupa e cuida da Camila. Aliás, ela nunca atrapalhou a relação da Camila com a Sunny, muito pelo contrário, né? Foi da Flávia que vieram todos os sacodes que fizeram a Camila mudar e se abrir para uma vida nova.
      Tb acho que a atitude da Camila não foi das mais nobres mas... Não querendo mas já defendendo a minha personagem (é mais forte do que eu) ela é humana e errar é humano... kkk...
      Tod@s temos nossa escuridão interior, né não? E sendo muito sincera com vc, td bem, a Camila transou com a Flávia com a desculpa de se vingar, de querer saber como foi entre Flávia e Sandra mas... Como sempre existem mais coisas entre o céu e a Terra do que julga nossa vã filosofia... Será que foi mesmo só por isso?
      Só o tempo dirá...
      Com relação a Sunny, é aquilo: na minha humilde opinião, por enqto não houve, por parte da Camila e da Sunny, nenhuma atitude ou conversa que demonstre mais do que uma forte atração sexual entre as duas. Elas gostam de fazer sexo uma com a outra, mas... Isso está muito longe de ser amor, né?
      É algo que a Jenny e eu precisamos rever e trabalhar, acho.
      Só sei que agora ou vai ou racha! kkk
      A Camila não está em condições nem de procurar a Sunny, nem de querer um relacionamento, acho que ela está decepcionada e com medo das pessoas... Acho que pra ela ficar e amar alguém precisa primeiro amar a si mesma...
      Afe, escrevi um testamento, sorry! É que seu comentário foi super instigante, me fez questionar coisas! Adoroooo!!!
      Obrigadíssima, linda!
      bjo ultra super hiper mega giga!

      Excluir
  11. Perfeito! Ansiosa para o próximo capítulo :)

    Parabéns. bj

    ResponderExcluir
  12. Nossa Diii!!! Esse me fez mergulhar no meu passado, bem distante...rs
    Engraçado como relacionamentos lésbicos são um tanto quanto "previsíveis" e creio que vc como
    Grande Escritora que é, entende o que quero dizer!
    Há muitos anos atrás, passei exatamente pelo que a Camila tá passando, gente, me vi na cena...
    As fotos, os objetos pessoais, e até a melhor amiga...kkkkk Ri aqui, sozinha! E foi bom poder, hoje, sorrir
    dessa lembrança, que graças a Deus, se tornou passado em minha vida...
    O capítulo, como já disse, foi simplesmente perfeito, instigante e riquíssimo em detalhes, que se tornaram quase palpáveis... cheguei sentir o cheiro das rosas e do vinho...rs
    Amei o "Vadia!" kkkkkkk
    Espero que agora, Camila possa partir para uma nova estrada e recobrar o tempo perdido com a Sunny, e sei que Flávia pode dar um pouquinho de trabalho viu... aiai rsrs
    Mas que o final dela seja tão feliz como o meu foi... e vamos seguindo a estrada, pq se te conheço bem, tem muito
    chão pela frente ainda... bjOnn

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura????
      Por todos os deuses do Olimpo, Sarah Jhennifer!!! Que bom que é passado ultrapassado então pq a situação da Camila não é nem um pouco agradável, né?
      Que bom que vc gostou do capítulo, fico feliz por vc ter achado ele tão realista! Eu juro que tento, viu?
      ;)
      Ah, o "vadia" pra mim é a melhor frase do capítulo todo! kkk
      Infelizmente, com relação à falecida é a única coisa que a Camila pode fazer...
      Não sei se a Flávia vai dar trabalho, ela tb está magoada... Enfim... Veremos!
      bjo muito mais que ultra mega super hiper giga!

      Excluir
  13. Olá meninas!
    Não sei bem o que dizer como foi esse capitulo. Já havia comentado 1 ou 2 vezes no Face, mas dessa vez é diferente.
    Esperei muito por esse capitulo, não sei se para confirmar o que eu pressentia(a Sandra não ser tão perfeita assim) ou para enfim a Camila conseguir se dar uma chance de ir em frente, seja qual for o motivo, fiquei com aquela sensação de que foi rápido demais.
    Foram 2 anos de luto por uma mulher perfeita, - criada pela mente dela - mas ainda assim perfeita. Nem quando o corpo falou mais alto no caso da Sunny, ela se colocou em duvida, e aí a Flavia se diz apaixonada e revela algo que destrói a imagem da perfeição que ela tem da esposa, e ela simplesmente acredita, absorve e supera?
    Não me levem a mal por isso, eu realmente adoro a história e o jeito que ela se desenvolve, mas como mulher e acredito que a maioria se identifica com isso: quando um relacionamento acaba e nós ainda amamos podem dizer o que for, mas nós mulheres só conseguimos acreditar no que sentimos.
    Resumindo esse comentário todo, amo a história e a forma que contam, o capitulo é que eu aguardei tanto pra que a Camila e a Sunny pudessem ter uma chance, mas como mulher eu não pude deixar de pensar que a Camila ficou em luto atoa, não pela mulher que não existia e sim pelo amor que eu julguei que ela nunca sentiu.
    Enfim, era isso(u.u)Parabéns meninas, ansiosa esperando pela semana que vem *--*
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thay!
      Td bem?
      Então, né... Não querendo mas já defendendo a minha personagem... kkk
      Quem disse que a Camila superou? Ela só queimou uma foto e chamou a Sandra de vadia... kkk
      Ainda vai demorar um tempo pra ela superar a Sandra, viu? Tá dentro dela ainda. Se ela tivesse superado não teria feito o que fez com a Flávia, não acha?
      Na verdade, a Flávia não destruiu a imagem de perfeição, a Camila sabia muito bem, pq cá entre nós: quem já passou por isso de ficar em casa esperando a mulher que não volta até de madrugada ou até amanhecer o dia, sem que a mulher atenda o celular nem dê notícias sabe que não existe perfeição nenhuma aí, né? No mínimo desconfia que está sendo traída. A Flávia só confirmou algo que no fundo a Camila já suspeitava ou quem sabe até... Já sabia, só não queria admitir.
      Qdo vc diz "nós mulheres somos assim" sou obrigada a discordar, não existe "nós mulheres", mulheres não são todas iguais (muito menos as lésbicas), acho que não dá nem pra definir como "nós" um "grupo" tão maravilhosamente heterogêneo, imprevisível e indefinível, né? rsrs
      Mas to adorando toda essa polêmica sobre este capítulo, não poderia me sentir mais realizada, melhor impossível! É TUDO DE BOM poder dialogar sobre o que estamos escrevendo, nem tenho como te agradecer e a tod@s @s leitor@s que nos proporcion@m isso!!!
      Muito, mas muito obrigada mesmo, linda!

      Excluir
    2. Meu dedo saci bb de 8 meses deu "enter" antes... kkk
      Sorry...
      Faltou te mandar um:
      bjo muito mais que ultra mega hiper super imensamente gigantesco!

      Excluir
    3. eu acho que a única coisa que aconteceu em relação à Sandra e Camila é que o véu foi rasgado. Estava ali o tempo todo à frente dela e de forma alguma ela desconhecia os fatos (acho), só não queria por isto em tons reais. A Flávia a jogou numa realidade cinzenta e feia que ela preferia não conviver.

      Excluir
    4. Exato, Carlinha!
      Adorei essa metáfora do véu rasgado! Além de linda tem uma precisão cirúrgica!
      bjin!

      Excluir
  14. eu jah amava a flavia antes agora + ainda!!!! bem q a camila podia fica com ela diedra e jenny bem que a sunny podia ficar com a loira gostosa camila e sunny saum diferentes d+ naum consigo imaginar as 2 juntas as duas naum sabem o q querem soh se uma delas agora correr atrás mas toh amando parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadíssima!
      Que bom que tá gostando!
      Ainda é cedo pra saber quem vai ficar com quem, né?
      Veremos!
      ;)
      bjo mega super giga!

      Excluir
    2. sabe que também acho! Creio que o primeiro relacionamento que a Camila tiver vai ser cipó do Tarzan, sabe. Tipo uma transição. Ela precisa dar umas tropeçadas engatinhando antes de voltar a andar novamente.

      Excluir
    3. Bom, vamos ver...
      Isso só o desenrolar da história vai dizer... kkk

      Excluir
  15. muito bom adorei,faz parte da nossa realidade..bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadíssima, linda!
      É... Infelizmente, faz... kkk
      bjo hiper mega giga!

      Excluir
  16. Então...

    Queria me intrometer aí... Pensei que a Camila podia... E a Flávia tinha que ... Enquanto a Sunny...

    Bah! Mulheres... Seres incompreensíveis, mas tb incompreendidas... Mas tb não se esforçam muito né?

    Uma quer mas não dá... A outra dá, mas não sabe se quer... E agora apareceu uma que dá e tb que quer... Daqui a pouco a sumida aparece e pega as 3..

    Podia né? Minha sugestão... Volta Sandra! Volta Sandra! Volta Sandra!

    Agora é sério, não que antes não fosse, mas...

    Gostei daquela palavra que foi dita num momento muito significativo... "Vadia..." Saiu como se quisesse arrancar de dentro dela
    a dor de ter perdido a Sandra por duas vezes... A primeira quando ela sumiu e a segunda agora...

    Não sei se ela vai conseguir, mas sei que a Sunny pode dar uma ajuda.

    Diedra e Jenny, vcs estão indo maravilhosamente bem.

    Esperando...

    Ps. Diedra, vc (tb) fica linda assim ...

    Wind Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que eu te amo, sabia?
      bjo mordido...

      Excluir
    2. PEGA TODAS, SANDRAAAAAAAAAAA!

      Adorei a ideia. Afinal, Sunny tá em fase de descobertas, Camila tem que tirar o atraso, Flávia come o espinho pra sentir o gosto do peixe e a Sandra... Dá conta! \o/

      Excluir
    3. Well...
      Sobre a Sandra, a Camila já disse tudo:
      - Vadia!
      kkk

      Excluir
  17. Perfeito!

    Li todo o conto hoje e estou embriagada.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós que agradecemos, linda!
      Muito, mas muito obrigada mesmo!
      Espero que continue lendo e gostando!
      bjo ultra mega suuuuuuuuper gigantesco!

      Excluir
  18. demais,me surpreendi e amei ,ficou incrível,parabéns Di,bjão enorme!! ass: Aninha Arwen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninha Arwen!
      td bem, amiga?
      Que bom que vc gostou!
      Obrigadíssima!
      Sabe que até eu me surpreendi? kkk
      bjo muito mais que ultra mega hiper suuuuuuuuuuper imensamente giga!

      Excluir
    2. e tem como não gostar de um conto seu?sempre perfeito.....to amando cada vez mais ,bjão enorme Di e Jenifer!!!!! ass:aninha arwen

      Excluir
    3. Obrigadíssima, linda!
      bjo imenso!!!
      ;)

      Excluir
  19. Esse foi concerteza um dos melhores capitulos ate agora, me predeu de uma forma impresionante. a cada novo capitulo vc consegue superar a qualidade anterior, parabens!!! Bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadíssima, Juliana!
      Eu juro que tento, né? kkk
      Confesso que foi MUITO difícil escrever esse capítulo, viu?
      bjo hiper ultra mega super imensamente gigantesco!

      Excluir
  20. Bom dia. Ninguém fez até agora, então farei, como boa Carioca que sou "Caraleo"! O que foi isso? Eu já imaginava algo na Flávia... pois a noite que estavam na noitada, com Sunny pegando geral, e que ela retorna a mesa, a Flávia olha Pra ela com um olhar que ela não sabia definir, então, ali eu constatei que tinha coisa. Eu entendo e aceito Perfeitamente a Flávia, e ainda uso a frase "dazamiga" - Quem nunca? Vejo muito da Flávia em mim, considerando 5 assis atrás, com a sutil diferença de que eu, não atravessei a história me relacionando, mesmo no impulso, com as partes envolvidas. No fundo, a Camila sempre soube que a Sandra não é a melhor das criaturas, mas para ajudar a amenizar a dor, ela colocou a Sandra em um altar, pra fazer com que o "sumiço" doesse menos, digo "sumiço" porque essa Vaca vai voltar. Imagina como não foi pra Flávia: anos ali do lado, apoiando, se doando, preocupando (nossa, abusei do gerúndio), e a espera de uma oportunidade, e no aleatório chega uma pessoa e consegue o que ela esperou a anos? Desculpe, mas É Foda. Camila tá lascada, pois vai viver passado, presente e futuro tudo em um único momento. Eu acredito que a Sunny vai vencer essa parada, mas vai sofrer hein! Porém, será necessário, e grandioso.
    Excelente capítulo, Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha!
      mais carioca, impossível! Ri muito com o "caraleo"! Putz! Faz tempo que eu não "ouvia" isso, é o que dá morar no Sul... kkkk
      Então....
      Óbvio que a Camila sabia que a perfeição da Sandra não passava de mentira, né?
      Não podemos culpar a Flávia, nem a Camila, nem a Sunny, nem a Sandra.
      Pq...
      Quem nunca errou que atire a primeira pedra!
      Alguém? Ninguém? kkk
      Com certeza a Camila tá mais perdida que cego em tiroteio! Absoluta e literalmente phudidaaaa!!! rsrs
      Se a Sunny vai vencer ou não?
      Eu não sei, viu?
      Só digo que a Flávia não é fraca e não entrou nessa pra perder...
      Well..
      Veremos!
      bjo ultra mega super hiper imensamente gigantesco, linda!

      Excluir
    2. Ai, desculpaaaaaaaaaaaaaa!!!!
      Me empolguei e esqueci de agradecer: obrigadíssima!!!
      bjin!

      Excluir
    3. Eu acho que a história tem que mudar de nome.... Todas querem Camila, Inclusive Sandra... Kkkkkk.
      Quem Nunca Diedra, Quem Nunca!

      Excluir
    4. FALEI!!! Quem nunca, dona Di, quem nunca? :P

      Excluir
    5. Quem nunca! Quem nunca? Ora.. Eu.
      Só com a Diedra...Claro...rs

      Excluir
    6. Não sei de nada, nem imagino do que está falando, dona Ventania :P

      Excluir
  21. Adorei que meu comentário te instigou. Sempre leio as suas histórias, porém essa é a primeira que acompanho enquanto ainda está sendo escrita. Vou voltar mais vezes aqui para comentar os capítulos.

    Acho muito legal ter um espaço para o leitor conversar com as autoras, acho que isso enriquece a história e ajuda nós leitoras nos envolvendo mais com a trama e os dramas dos personagens.

    Concordo com vc que a Camila e a Sunny até o momento não demonstraram nada além de uma forte atração sexual que ambas sentem uma pela outra e que isso também é diferente de amor. Não sou adepta da frase "os opostos se atraem", mas sim da "os dispostos se atraem" e é isso que está me instigando: até que ponto as duas estão dispostas a entrar em uma relação?

    A Sunny é uma pessoa livre, com espírito aventureiro, que não gosta de se fixar muito tempo em um lugar, sente vontade de ser livre e por isso, ao entrar em uma relação de amor séria com a Camila teria que abrir mão dessa liberdade e viver uma vida a duas em uma outra cidade, de uma forma menos livre. Será que ela estaria disposta? E Camila, que é uma mulher mais ligada a rotina, com um trabalho que lhe garante uma boa estabilidade, difícil de abrir mão de sua carreira pública, lidaria com a possibilidade de largar tudo e seguir uma vida de maneira mais aventureira e arriscada do ponto de vista financeiro? Quem toparia mudar de vida em função desse possível amor?

    É aí que entra a Flávia, para embolar essa história. Uma pessoa com estilo de vida mais parecido com a Camila, grande amiga e confidente, que a ama de verdade, que estaria disposta a construir com ela uma história de amor e uma vida a duas. Seria mais fácil ambas se adaptarem a uma rotina de vida juntas e serem ótimas amantes. Enfim, acabei de entregar a minha torcida por um final feliz para as duas....)

    Ah, também torço para um VOLTA SANDRA!! Acho que acrescentaria muito a história a sua volta. Poderia revelar o passado sombrio dela com a Camila e fazer uma reviravolta na história. Pensa nisso com carinho, Diedra.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venha comentar sempre, é ótimo, TUDO DE BOM! Esse diálogo é maravilhoso, só acrescenta e enriquece a história, é muito precioso mesmo!
      Principalmente agora, que chegamos num ponto crucial, né? Bem difícil mesmo, afe! Aquele em que a gente se pergunta:
      "e agora?"
      e a única resposta parece ser:
      "phudeu!!!"
      rsrs
      Não sabemos ainda se a Sandra volta, nem quem fica com quem...
      Só sei que tô com MUITA pena da Camila, definitivamente, eu não queria estar no lugar dela... kkk
      Mas pode deixar que pensaremos com carinho sempre!
      bjo suuuuuuuuuper imenso, linda!

      Excluir
  22. ta rolando tipo assim um fan club da flavia? vo logo dizendo q eu vi primero nem adianta ninguém tasca, ta? so abro mao se for pra ela fica com a camila. seria legal ver as duas juntas acho que tem mais liga que camila com sunny. diedra e jenny pensem nisso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda é muito cedo pra sabermos, né, linda?
      Mas pensaremos com carinho na sua sugestão, com certeza!
      bjo ultra hiper giga!

      Excluir
  23. Se existe o tal "inferno astral" Camila tá passando pelo dela. Tadinha, tantas revelações... vamos combinar, foi uma enxurrada né? Será que a Sandra é uma "mala" mesmo?
    Descobrir que a melhor amiga é apaixonada por você e que ainda transou com sua mulher é demais, como diz a Vanessa da Mata "é demais, é pesado, não há paz...". Aff
    Di, cada dia fico mais impressionada com sua competência e dedicação. Parabéns por toda sua obra, por mais essa e pelo capítulo bombástico!
    Camila merece mais do que nunca ser feliz, nada de Flávia, Sunny é a mulher perfeita pra ela.
    E que a quinta-feira chegue logo.
    Parabéns Diedra!
    Bjs
    Célia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigaaaaaaaaaaaaaaaa
      Que bom que veio comentar!
      Olha, eu não sei, viu? Cá entre nós: aqueles dois mulherões correndo atrás dela não é bem a minha ideia de inferno... kkk
      Como te agradecer, né? Assim vc me deixa sem graça...
      Well...
      Espero que continue acompanhando, gostando e comentando!
      Obrigadíssima!!!
      Tem quem goste de vadias, com certeza! E como tem! kkk
      Talvez a Sandra esteja agora com alguma Rainha ou Rei (no caso dela eu não descarto nada... hehehe) do Gado, vai saber...
      bjo ultra mega hiper super imensamente concordo contigo a Camila merece ser feliz!!! rsrs

      Excluir
  24. KKKKKKK. Não podemos esquecer que há quem goste das "vadias" né? Sandra não deixou pedra sobre pedra. Rs
    Talvez Sandra tenha sido socorrida por alguém que tenha oferecido maior estabilidade financeira, pois servidora do TRE num tá com essa bola toda não. Rs
    Bj

    ResponderExcluir
  25. Esse capitulo me surpreendeu,uma revelação atrás da outra em...tadinha da Camila,sera que vem mais revelações por ai? agora que ela vai se afundar de vez na fossa rsrs estou torcendo pela felicidade dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, tb to com pena da Camila, viu?
      Mais revelações? Quem sabe, né? Alguma sugestão? kkk...
      Agora a pergunta que não quer calar: vc tá torcendo pela felicidade dela com alguém em especial?
      bjo muito mais que ultra mega giga!

      Excluir
  26. esse capitulo me surpreendeu, uma revelação atras da outra em,tadinha da Camila,agora que ela se afunda na fossa de vez rsrsrs. Sera que vem mais revelações por ai? eu estou achando que sim em rsrsrs

    ResponderExcluir
  27. Agora pronto! Fiquei refém das quintas rsrsrsrs. Devorei em duas tardes todos os capítulos e agora estou refém das quintas-feiras, junto com essas meninas que são fãs de Diedra, bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mara!
      Td bem?
      Nova por aqui? Que bom! Mais ainda pq gostou até agora! kkk
      Esperamos que continue acompanhando, gostando e... Comentando, claro!
      Seja muito bem vinda!
      bjo ultra mega hiper suuuuuuuper imensamente giga!

      Excluir
  28. Meninas... cade o capitulo 12?to ansiosa aqui....rs

    ResponderExcluir
  29. Gente, e eu q achei q essa Sandra fosse "A mulher", q ela tratasse a Camila como única, q fosse fiel e a mulher era uma verdadeira biscate? Oi? A Camila faz uma fantasia total sobre o sumiço da Sandra nos mostrando q ela seria uma mulher q a amava, q era companheira e amiga, ai acontece dela descobri q a mulher ñ prestava. Balda de água fria, porém serviu p/ ela v q essa Sandra deixava a desejar qto companheira e tb como pessoa...o principal de 1 relacionamento, além da quimica..., é a fidelidade...se ñ tem isso, ñ há relacionamento. Adoro seu romance :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda!
      Td bem?
      Acho que a Sandra era "a mulher" sim, viu? Infelizmente, não a Sandra real, mas aquela que só existia na cabeça da Camila...
      Enfim...
      Acontece nas melhores famílias, né? kkk
      Que bom que está gostando!
      bjo mais que ultra gigantesco!

      Excluir
  30. Olha eu aqui! Super atrasada, mas maravilhada!
    Vc é F* Diedra. Bora lá para os próximos cápitulos que vou me atualizar ainda hoje.
    Beijo enorme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris!
      Td bem, linda?
      Que bom que vc tarda mas não falha, viu?
      ;)
      Gostou do capítulo? Não quer me matar? kkk
      Leia os caps 12, 13 e 14 e me diz o que achou, pleaaaaaaaaase? Quero MUITO saber sua opinião!
      bjo muito mais que ultra mega giga!

      Excluir